15 Pessoas que foram aos museus e encontraram seus gêmeos… do passado!

Esse 15 Pessoas que foram aos museus e encontraram seus gêmeos… do passado! Voce leu exclusivamente na Mae.Tips 😉

Parece assustador…imagine visitar um museu e de repente descobrir que tem um gêmeo (a) do passado que está imortalizado na memória popular em uma foto, quadro ou escultura. Por outro lado pode ser muito divertido e aproveitar a descoberta para posar e fazer ótimas fotos para compartilhar.

De um modo ou de outro, o que conta é que de fato muitas pessoas se surpreenderam com a semelhança das personalidades que estiverem no museu.

A brincadeira de descobrir se tem alguém do passado nos museus para tirar fotos hilárias está motivando jovens, crianças e adultos a visitar e assim adquirindo conhecimento e aprendendo que pode ser uma boa experiência fazer um programa que agrega conhecimento e cultura.

Muitas pessoas estão de fato se identificando com a aparência de muitas personalidades de várias épocas do passado, entendendo que realmente existe alguma semelhança que pode ser o modo de pentear o cabelo, a barba, expressão do sorriso entre outras possíveis coincidências.

Veja nas fotos como essas pessoas se parecem com as figuras que encontraram registradas no museu.

Para dar mais força a brincadeira muitos dos visitantes vestem roupas que remetem a figura para ficar ainda mais parecidos e assim copiar o gêmeo que achar ser parecido.

continua após esse anúncio ⤵

Em meio a tantas notícias ruins, um pouco de bom humor cai bem e serve para descontrair, principalmente quando a criatividade e imaginação chegam a esse ponto de transformar arte e cultura em uma divertida brincadeira.

O post 15 Pessoas que foram aos museus e encontraram seus gêmeos… do passado! aparece primeiro no Mae.Tips.

Qual sua opinião? Comente no final ⤵



Comente aqui ⤵


As 3 filhas de Sylvester Stallone cresceram e estão chamando atenção do mundo por causa da beleza. Confira:

Mãe que perdeu bebê por infecção com bactéria da meningite desabafa: “foi muito rápido”