Bigode feminino: nova tendência entre as mulheres

- Anúncio -

Volta e meia surge uma nova tendência voltada para o público feminino, só que, o que se espera é falar sobre modelo de sandálias, roupas, corte de cabelo, design nas unhas entre outras, mas dessa vez, a nova tendência anunciada é o “bigode feminino”.

A ideia partiu baseada em campanhas que propõe a igualdade de gênero, para que as mulheres se sintam livras para não depilar o buço. Em algumas mulheres o buço pode ter mais pelos, por isso fica parecendo um bigode.

A marca responsável pela propaganda como nova tendência feminina foi a Billie, empresa que investiu em campanha de propaganda incentivando as mulheres a se sentirem mais livres e à vontade com o seu próprio corpo, se libertando, se assim desejar, dos conceitos de que devem estar sempre muito bem depiladas, ao contrário dos homens que podem viver naturalmente com barba, bigode, pelos pelo corpo.

- Anúncio -

A campanha não visa apenas incentivar o bigode feminino, mas também não depilar as axilas, a região dos pés onde nascem alguns pelinhos, inclusive as virilhas que se costuma remover os pelos para não ficar aparecendo na cava do biquíni.

 A campanha publicitária da Billie foi mais intensa no Instagram com a publicação; “Novas notícias: as mulheres têm bigode. Fomos treinados para escondê-lo, raspar, descorá-lo. Então, neste ‘Movember’ vamos cultivar nosso (velho) bigode secreto para apoiar os homens de nossas vidas. Mas isso não a torna menos real. Difusa e clara ou escura e brilhante, aí está. Assim.“

- Anúncio -

O motivo da campanha do bigode feminino é dar força ao empoderamento das mulheres, para que se libertem e sinta-se bem consigo mesmas, sem a obrigação de seguir um conceito de que precisam estar sempre depiladas e lindas.

Homens também recebem apoio da Billie que investe na campanha contra o câncer de próstata, para que mais vidas sejam salvas e o preconceito de não fazer o exame seja substituído por conscientização.

Ver essa foto no Instagram

Statement (upper) lip.

Uma publicação compartilhada por Billie (@billie) em

- Anúncio -

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Qual sua opinião?



Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

‘Minha mãe pagou meu casamento e depois teve um bebê do meu marido’

Menino com apenas 12 anos abriu uma escola em seu quintal para ajudar outras crianças