Enfermeiras de UTI Neonatal carregam bebês quando pais não podem estar presentes

Trabalhar com crianças requer muita dedicação e amor, por isso, profissionais de saúde e da área de educação precisam ter o dom, a vontade de cuidar dos pequenos como se fosse da família, fazendo o melhor por eles.

Um hospital na Alemanha leva esse conceito a sério, dar atenção aos bebês que precisam permanecer internados após o nascimento, recebem todo o amor, não apenas dos pais, mas, sim da equipe de enfermagem que atua na UTI Neonatal.

O conceito que o hospital adotou, é o de carregar os bebês quando a família precisa se ausentar, em geral são as mães que mais passam tempo com os filhos, mas por algum motivo, até para cuidar da própria saúde, às vezes a mãe precisa se ausentar da UTI Neonatal, sendo mais comum acontecer quando os bebês internados precisam ficar por muitas semanas ou até meses. É quando as enfermeiras entram em ação.

Especialistas em saúde infantil orientam quanto à importância de estar perto do bebê, de preferência com ele próximo ao corpo. Essa seria uma maneira diminuir cólicas, previne também que a criança fique com o formato de cabeça achatada, plagiocefalia, o que normalmente acontece quando o bebê fica muitas horas deitado e na mesma posição.

Outro benefício de carregar o recém-nascido é o contato da pele com outra pessoa, pode auxiliar nos casos de infecções, ajuda manter a temperatura do corpo e a criança ganha peso, contribuindo para uma melhora no quadro de saúde considerável, de modo que possa se recuperar mais rápido.

Enfermeiras de um hospital na Alemanha receberam essas orientações e passaram a carregar os recém-nascidos, pacientes da Unidade Neonatal de Tratamento Intensivo – UTI, em cangurus até que os pais voltem para ficar com os filhos. O acessório tem sido um recurso para seguir orientações de médicos especialistas.

Fotos de enfermeiras carregando bebês no canguru enquanto trabalham viralizou na web.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Marina Souza

Olaa pessoal! Sou a Marina, amo escrever sobre maternidade, família e noticias de ultima hora, com intenção de colaborar com a sociedade e a família. Amo meus filhos e tenho uma gatinha preguiçosa. Ah ja ia me esquecendo, sou blogueira ha 12 anos.

Em 19 dias, jovem queimada com soda cáustica fez três denúncias contra ex-marido

Brasil se despede do “Pai da Bossa Nova” homem que colocou Brasil em primeiro lugar na história da música mundial