Jovem com síndrome de down salva uma menina de se afogar, mas foi ignorado por sua mãe

- Anúncio -

Incrível como uma pessoa consegue superar todos os desafios das limitações que possui, para salvar uma vida e realizar seus sonhos.

Por muito pouco, um menina não perdeu a vida na praia, ela foi salva graças a um jovem corajoso, que só pensou em ajudar.

Nas altas temporadas, quando as temperaturas estão mais altas, é comum as famílias terem dias de lazer nas praias, piscinas de clubes ou em casa. 

- Anúncio -

Ao mesmo tempo em que esse tipo de lazer é muito bom para relaxar e reunir a família, também, pode ser muito perigoso, principalmente na praia, quando as ondas estão mais altas e a maré está cheia.

Os índices de afogamento nessa época do ano, sempre preocupam a Defesa Civil, que emite alerta, disponibiliza profissionais na orla das praias para resgatar vítimas, mediante qualquer necessidade.

Muitas pessoas não se sentem ameaçadas e nadam, se afastando da praia, outras simplesmente são levadas por alguma onda mais forte e não conseguem retornar ou não sabem nadar.

Os perigos que podem estar escondidos e não percebidos em uma praia, pode levar alguém a perder a vida, como foi com uma menina de 10 anos, que estava na praia de Sabaudia, na Itália. Ela foi arrastada pela onda e não conseguia voltar, ficou na água se debatendo e gritando por ajuda.

Na praia, a mãe entrava em desespero vendo que poderia perder a filha, foi nesse momento que, um jovem de 17 anos com, Síndrome de Down, Valério Catoia entrou em ação. Ele entrou na água ao lado do pai para salvar a criança.

- Anúncio -

Valério é um jovem muito experiente com o mar, ele nada desde os 3 anos de idade. Aprendeu a treinar para participar de competições, inclusive pratica o esporte de natação para participar nas Olimpíadas Especiais.

Além da menina de 10 anos, outra de 14 também estava se afogando. Ele mergulhou para salvar as duas.

- Anúncio -

O inesperado para o corajoso jovem que salvou as meninas, foi a reação da mãe de uma delas, a da menina de 10 anos, que praticamente arrancou a filha dos braços de Valério, sem sequer agradecer, afinal, ele também correu o risco de se afogar.

O jovem ficou triste, mas logo foi recebido como herói e seu esforço foi reconhecido, tendo sua história viralizado nas redes sociais. Uma das autoridades a reconhecer o gesto de Valério foi o  ministro de esportes do país, Lucca Lotti, que p contemplou, como forma de gratidão com o título de “Campeão de Solidariedade da Itália”.

Créditos: https://osegredo.com.br/jovem-com-sindrome-de-down-salva-uma-menina-de-se-afogar-mas-foi-ignorado-por-sua-mae/


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Qual sua opinião?



Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Filho de Sorocaba deixa a maternidade dentro de incubadora

Com menção a “Juiz de Merda”, alto escalão das Forças Armadas entra na briga com o STF