MÃE CONTA COMO ADOLESCENTE FRANCESA DE 16 ANOS MORREU DE QUADRO FULMINANTE DA COVID-19

- Anúncio -

Franceses vivem dias de angústia, como está acontecendo em toda Europa e no mundo, por conta do novo coronavírus que tem feito muitas vítimas. pessoas de todas as idades estão morrendo devido a gravidade da infecção causada pelo vírus.

Uma mãe abriu o coração e em desabafo contou como está vivendo, com o luto da perda de uma filha de 16 anos.

A morte da jovem Julie, foi por complicações do Covid-19. Ela faleceu terça-feira, 24/03, no hospital em que estava internada, Hospital Necker de Paris. A causa da morte foi insuficiência respiratória.

- Anúncio -

A família é do subúrbio no sul da capital francesa, Essone. A mãe disse que Julie não tinha histórico de outras doenças, que pudessem agravar o quadro. Familiares disseram que foi o óbito mais jovem da França.

Sabine, mãe da adolescente, disse; “Nunca teremos uma resposta” e completou; “É um choque perder um filho, a vida perde o sentido, mas temos a obrigação de continuar”.

- Anúncio -

A mãe está inconsolável e ao mesmo tempo indignada, ela não aceita que médicos e cientistas continuem afimando que os mais jovens e crianças não morrem da infecção do Covid-19, sendo que, ela perdeu uma filha adolescente com 16 anos.

Manon, irmã da adolescente que morreu por causa do novo coronavírus, ao ser entrevistada pelo jornal Le Parisien, disse;”ninguém é invencível perante esse vírus mutante”.

A irmã de Julie e a mãe estão sendo mantidas em isolamento. Manon disse que a irmã estava com tosse seca, mas quando começou a ter secreção, o quadro e saúde piorou rapidamente, até que ela começou a perder o fôlego.

Julie fez exame no hospital em e Essone, mas antes do resultado, foi transferida para o Hospital Necker, no 15° distrito de Paris onde fez mais dois exames, ambos com resultado negativo para o novo coronavírus. Apenas o primeiro teste, feito na região em que mora é que o teste foi positivo. 

Segundo a mãe da adolescente, ela não recebeu assistência respiratória enquanto esteva internada. Só após um telefonema com o resultado, os médicos colocaram a jovem no respirador, mas teria sido muito tarde para a vida de Julie.

- Anúncio -

Fonte: Época


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Qual sua opinião?



Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Como são os bastidores do tratamento de coronavírus em um hospital de SP

Kalil testa positivo para coronavírus e é internado no Sírio-Libanês