Menino de 11 meses é mordido no braço por funcionária da creche

Creche deveria ser um local confiável, em que os pais deixam seus filhos enquanto trabalham e, ao retornar, receber as crianças exatamente nas condições em que entregou. Infelizmente em algumas dessas instituições, nem todos os funcionários estão preparados para cuidar de crianças. Um dos casos que causou espanto, nãos só nos pais do menino, como também nos outros pais que têm filhos matriculados na mesma creche.

O canal Fox News levou ao ar a notícia da funcionária de uma creche em Bartlesville, Estados Unidos, Ashley Estes de 31 anos, sobre a atitude da ex-funcionária que mordeu o braço de um menino de 11 meses, um bebê.

A mulher foi pressionada pela mãe do menino que, também é uma das funcionárias da creche, sobre o motivo do filho ter sido mordido no braço. Ashley acabou confessando ter sido ela quem agrediu o bebê da colega de trabalho alegando que era para “ensiná-lo uma lição”.

Imediatamente a mãe do bebê chamou a polícia, quando os policias interrogaram a ex-funcionária. “Ela viu o bebê morder outros bebês e para corrigi-lo ela o mordeu. Esta lógica dela é absurda! Eu sou pai e sei que nós pais esperamos que nossos filhos fiquem seguros na creche, o que aconteceu é preocupante demais”, segundo contou um dos policiais.

A resposta da mulher sobre a agressão deixou a polícia e os telespectadores do canal chocados. Ela ainda afirmou que não tinha nada de tão grave nisso, esse era o método que ela aplicava  em seus  próprios filhos e eles a obedeciam.

Ashley irá responder pela mordida que deu no bebê na creche, mas a polícia deverá investigar o comportamento dela também com os filhos biológicos. Essa ex-funcionária provou não estar capacitada para trabalhar em uma creche, é preciso gostar de crianças e ter equilíbrio para compreender e tratar muito bem, os próprios filhos e os filhos de outras pessoas.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Marina Souza

Olaa pessoal! Sou a Marina, amo escrever sobre maternidade, família e noticias de ultima hora, com intenção de colaborar com a sociedade e a família. Amo meus filhos e tenho uma gatinha preguiçosa. Ah ja ia me esquecendo, sou blogueira ha 12 anos.

Pais contratam barriga de aluguel e depois abandonam bebê no orfanato

Mãe de menino jogado do 10º andar do prédio revela seu estado de saúde