Menino precisa de novo fígado após dose errada de paracetamol pra febre

Um bebê de 2 anos sofre muito por conta de uma medicação tão comum, paracetamol.

A dose que causou a falência do fígado do menino, foi considerada overdose, parece muito simples para pais que costumam oferecer esse medicamento aos filhos quando estão com febre ou sentem dores, mas é preciso ter muito cuidado. O fato do paracetamol ser vendido nas farmácias sem precisar apresentar receita médica não significa que seja inofensivo, é um medicamento e, como tal, pode provocar efeitos colaterais, desde os mais simples até os quadros mais agudos e graves, como aconteceu com esse pequeno menino de dois anos.

Quando o filho estava com febre, os pais deram algumas gotas de paracetamol para baixar a febre, mas depois de quatro dias fazendo o tratamento com o medicamento, o menino Phu Tho do Vietnã começou a passar mal. Cada dose que o menino tomou do remédio, segundo informação dos pais, foi ministrado de 500 miligramas.

O que antes parecia ser uma simples febre, lembrando que nunca é, pois se trata de um mecanismo de defesa do organismo, significa que tem algo acontecendo, a criança teve uma overdose medicamentosa do paracetamol.

No hospital, a equipe médica providenciou a internação imediata do menino, após constatar que ele está com acidose metabólica aguda, acontece quando o sangue fica muito ácido por conta de overdose.

Mesmo com todo o tratamento, não foi possível salvar o fígado de Phu Tho, os sinais de que o órgão estava apresentando problemas, logo foi confirmado o pior, ele depende de um transplante de fígado para sobreviver.

O Dr Phan Hong Sang, que trata do menino, disse que não ser a primeira vez que atende esse tipo de complicação, ano passado uma criança também esteve no hospital pelas mesmas complicações e não resistiu.

No portal australiano Kidspot, o médico fez um alerta aos pais; “Tomar uma quantidade maior de paracetamol do que o recomendado pode ter consequências muito graves. Por isso, nós recomendamos que os pais conversem com o médico sobre qual remédio dar e qual a dose correta diante de uma febre do seu filho. Não mediquem seus filhos por conta própria”.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Marina Souza

Olaa pessoal! Sou a Marina, amo escrever sobre maternidade, família e noticias de ultima hora, com intenção de colaborar com a sociedade e a família. Amo meus filhos e tenho uma gatinha preguiçosa. Ah ja ia me esquecendo, sou blogueira ha 12 anos.

Famosa internada em estado grave 2 meses após bebê nascer desabafa

Paulo Betti quebra o silêncio e fala sobre a morte de seu neto bebê