Mulher acorda do coma para amamentar filha de dois anos

O extinto materno é realmente uma força da natureza, e muitos casos impressionantes nos provam que uma verdadeira mãe é capaz de verdadeiros “milagres” pelos filhos.

De acordo com matéria publicada pela emissora argentino El Doce TV, a mãe Maria Laura Ferreyra, de 42 anos, estava em coma, em um estado vegetativo, desde o dia 25 de outubro, quando ao sofrer um assalto, devido a brutalidade dos criminosos, ela sofreu uma queda na moto que estava e bateu a cabeça no asfalto.

Ela teve traumatismo craniano, sangramento no cérebro, e foi submetida a cirurgia neurológica, mas acabou formando um coagulo no cérebro que a deixou vegetativa.

Os médicos chegaram a falar sobre doação dos órgãos com o marido de Maria Laura.

Martín o marido, preferiu esperar porque tinha fé que sua esposa pudesse responder aos tratamentos.

“Se existe um Deus que te dá vida, existe um Deus que tira isso de você. Eu não era quem decidia. Deus faria um milagre por ela”, contou Martín Delgado sobre o que pensou quando conversou com a equipe médica que cuidava de sua esposa. 

Cerca de 15 dias depois, ela começou apresentar pequenas respostas neurológicas, como mexer os braços, mas permanecia no estado de coma.

Mas um momento em especial mudou a história até ali tão triste. O marido levou a filha do casal de dois anos para ver a mãe.

E ao colocá-la sobre a cama de Maria, a menina fez um barulho com a boca que costumava fazer quando queria mamar.

A mulher que até então estava inconsciente, levantou a camisola e colocou a filha no peito para mamar.

“Foi mágico, um momento único. Todos choramos. Ver o abraço delas e o instinto materno foi maravilhoso. Sou iluminado por testemunhar aquele momento”, declarou o marido à EL Doce TV .

Maria ainda não consegue se comunicar, mas segundo os médicos, a fato de ter amamentado espontaneamente, significa que ela reconhece a filha e deve ter algum entendimento do que passa a sua volta.

Agora eles a mandarão para um centro de reabilitação.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Professora Marta S. Carvalho

Professora Marta de Ciências Sociais na faculdade Paulista em São Paulo e Jornalista de paixão.

Momentos que marcaram o adeus a Gugu Liberato

Thaeme faz alerta sobre brinquedos da filha: “bactéria mortal!”