O ensino remoto pode interferir na saúde mental das crianças?

Imagem ilustrativa
- Anúncio -

Escolas da rede privada estão incentivando atividades escolares na condição de ensino remoto para crianças. No momento é uma solução para contornar as semanas de isolamento social por conta da pandemia.

As crianças precisam ficar em casa, pelo mesmo motivo dos adultos, para não se expor ao novo coronavírus aumentando as chances de contágio, até que autoridades comuniquem que será possível o retorno às salas de aula.

Por outro lado, a rotina de crianças com computadores ou aparelhos de dispositivos móveis, como celular e tablet por muitas horas, preocupa pediatras, educadores e psicólogos, como explica a educadora Luciana E. Correa, especialista em educação tecnológica, que recentemente voltou de um doutorado sanduíche na Universidade de Pittsburgh (EUA), disse ela;

- Anúncio -

“Cinco horas em frente às telas combina isolamento social com exposição à tela, dois fatores que comprovadamente estão relacionados à depressão e outros distúrbios de aprendizagem”.

- Anúncio -

Diante da necessidade que as escolas estão lidando, tendo de adaptar um novo conceito de ensino na educação infantil, e o pior, se deparam com algo não programado, já que a mudança foi feita às pressas diante da pandemia, mas a educação das crianças não pode ser suspensa, então, segundo a educadora Luciana; os alunos são “o elo mais frágil dessa cadeia”, se referindo ao que pais de alunos e educadores estão tendo de lidar e se esforçar nessa nova realidade.

“Pode ser que até agora algumas escolas estejam conseguindo satisfazer pais e entreter os alunos. Mas mesmo no melhor dos cenários, tão propagados pelos entusiastas dessa pandemia colateral de improvisação do ensino, não se pode medir qual será o preço social, emocional e mental que as crianças irão pagar”, alerta a especialista que também disse que pelo menos, até agora, os artigos que procurou ler, não se tem certeza de que o problema esteja na luz pulsada dos dispositivos computacionais.

“Ou seja, estamos dando um tiro no escuro em nome de um processo de aprendizagem que pode ser retomado com segurança no ano que vem, sem prejuízo irreversível para nenhuma criança”, destacou a educadora.

Créditos: https://www.metrojornal.com.br/estilo-vida/2020/05/06/alunos-em-ensino-remoto.html


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Qual sua opinião?



Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Luana Piovani faz desabafo e fala sobre agressão dos filhos: “Foi horrível”

Descoberto anticorpo que evita entrada do Covid-19 na célula