Polícia faz triste revelação sobre menino que desapareceu do berço

O caso que deixou a família surpresa com o desaparecimento do bebê que estava dentro de casa, quando dormia no berço, dificultou as investigações por conta da falta de rastros para seguir com as linhas investigativas. Mesmo diante de toda a dificuldade aparente, a polícia conseguiu apurar detalhes que, para muitos poderia ao ser revelado, sobre o bebê Noah Tomlin de Norfolk nos Estados Unidos.

As informações fornecidas pela mãe do menino, Julia Tomlin que, viu o filho no berço no dia 24/06, na madrugada, quando foi verificar se estava tudo bem com o bebê, uma atitude comum das mamães, olhar o filho durante a noite por questões de cuidados, ou quando choram, foi a última vez em que esteve com o bebê, depois ao voltar o menino havia desaparecido.

A revelação chocante feita pela polícia local foi a reviravolta no caso, a mãe do bebê recebeu ordem de prisão. Para as autoridades, esse seis dias investigando o caso, apuraram a participação da mãe como principal suspeita no desaparecimento do menino Noah. Segundo a própria polícia, os pais estavam empenhados em localizar o filho o mais rápido possível, eles estavam colaborando com o andamento das investigações, pois em caso de desaparecimento ou seqüestro, a vida da vítima está em risco e todo o empenho para localizar com vida é uma questão de corrida contra o tempo.

Os agentes fizeram uma descoberta intrigante, Julia, a mãe de Noah, ficou 5 meses na prisão cumprindo penas por negligência infantil, isso foi no ano de 2010. S detenção foi pela mãe ter colocado a vida da filha, com 1 ano na época, em perigo ao tê-la colocado sentada no fogão após ter usado, por tanto ainda estava muito quente. A menina teve queimaduras graves nas nádegas, mas a mãe só levou a bebê para ser atendida no hospital dias após ter sido ferida. O quadro de saúde ficou grave e os procedimentos do tratamento mais sofrido.

O FBI se disponibilizou e passou a ajudar nas buscas trabalhando junto com a polícia local. Os agentes estão se apegando a esperança de encontrar o menino com vida, mas sabem que essa possibilidade é difícil, conforme disse um policial em entrevista,  “Mas nós ainda não perdemos as esperanças, realmente queremos encontrar o Noah bem”.

Foto: reprodução

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Marina Souza

Olaa pessoal! Sou a Marina, amo escrever sobre maternidade, família e noticias de ultima hora, com intenção de colaborar com a sociedade e a família. Amo meus filhos e tenho uma gatinha preguiçosa. Ah ja ia me esquecendo, sou blogueira ha 12 anos.

‘Quase dei meus bebês gêmeos com síndrome de Down pra adoção’

“Ver sua filha sofrer é terrível, mas ver o filho da sua filha sofrendo, é mais ainda. Pensei que não ia aguentar”; desabafa Regina Casé