Sobrinho que arrancou coração da tia tenta matar detento em viatura

Foto: reprodução

Um crime bizarro e da maior crueldade que aconteceu e voltou a ser notícia nessa última quarta-feira, 17/7, mas não pelo crime de homicídio cometido do sobrinho contra a tia, ele tentou matar outra vez dentro da prisão.

No início do mês, o agora detento, Lumar Costa da Silva, 28 anos, matou e retirou o coração da própria tia de 55 anos, Zélia da Silva Cosmos. O acusado demonstrou frieza e assustou moradores da região com pela crueldade.

Na prisão, Lumar foi encontrado tentando matar outro detento de 19 anos por enforcamento, ele estava sendo transferido para a penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira em Sinop, que fica a cerca de 500 quilômetros de Cuiabá. A transferência do preso foi autorizada para deixar o Centro de Ressocialização de Sorriso (CRS).

Um agente penitenciário ouviu gritos de alguém pedido socorro, o som estava sendo emitido do camburão, então o agente abriu a porta para saber o que poderia estar causando os gritos e se deparou com a cena em que Lunar, o sobrinho que assassinou a tia, estava fazendo. Ele tentava matar o outro presidiário por enforcamento. Segundo o autor da tentativa de homicídio, o motivo foi um desentendimento simples.

Não foi emitida informação se o preso será mantido na mesma cela do jovem que Lumar tentou matar ou se ficará em unidade separada. O que se sabe quanto aos crimes cometidos é que o assassino da tia poderá responder por quatro crimes, dentre eles o mais brutal por ter arrancado o coração da tia, com chances de pegar pena de 12 a 30 anos.

O criminoso também tentou provocar uma explosão na subestação de energia local, ele invadiu com essa intenção. Outra acusação é a de ter roubado uma prima e ainda a obrigou a entregar o carro e a quantia de R$ 800,00.

O Delegado do caso comentou; “A pena pode chegar a 40, 50 anos de cadeia. Agora cabe ao Ministério Público analisar o inquérito. Se entenderem que está pronto para oferecer denúncia, será encaminhado ao Judiciário, caso contrário, se ficar entendido que faltam provas, volta para a delegacia e nós prosseguimos com as investigações”.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Written by Marina Souza

Olaa pessoal! Sou a Marina, amo escrever sobre maternidade, família e noticias de ultima hora, com intenção de colaborar com a sociedade e a família. Amo meus filhos e tenho uma gatinha preguiçosa. Ah ja ia me esquecendo, sou blogueira ha 12 anos.

Confira fotos que irão fazer você pensar duas vezes antes de ir nadar

Gabriel Brenno tinha caso com mulher de acusado; veja mensagens!